A Fertilizare nasceu com a proposta de ser um centro de referência em medicina reprodutiva na região Sul Fluminense. Conta com equipe qualificada e tecnologia de última geração para oferecer um leque completo de opções para o tratamento da infertilidade.

(24) 99246-4951

atendimento@fertilizare.com.br
Shopping 33 Torre VI - Rua 41, 392, Salas 1201 a 1204 - Vila Santa Cecília, Volta Redonda

Novidades no Blog

Seg. a - Sex. 09h - 18h

Sáb. e Dom. - FECHADO

(24) 99246-4951

WhatsApp

Casais inférteis já podem retomar gravidez programada

Casais inférteis já podem retomar gravidez programada

Com as clínicas fechadas, no início da pandemia, o sonho de uma gestação precisou ser adiado. Mas agora, os tratamentos já estão de volta.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 48, 5 milhões dos casais são inférteis hoje em dia. Mas dá para pensar em fertilização durante a pandemia? Qual o tratamento ideal e como funciona? Quem responde a essas questões é Melissa Cavagnoli, ginecologista e especialista em reprodução assistida. No início da pandemia, as clínicas pararam os tratamentos, mas recomeçaram o atendimento agora.

A médica explica como avalia esses casais na clínica.

A princípio, uma mulher que tenha 35 anos e que não tenha nenhum problema pra engravidar, nem ela nem o marido, eles demoram cerca de um ano para obter a gravidez. Então, esse é o tempo máximo que a gente espera. Depois de um ano, o ideal é que esses casais já procurem um especialista em reprodução assistida para iniciar a investigação do porque que a gravidez ainda não aconteceu. E aí sim, após uma série de exames o casal é direcionado para o melhor tratamento”, argumenta.

Na entrevista, ela comenta os três tipos de tratamento de reprodução assistida: coito programado, inseminação artificial e fertilização in vitro. Segundo a especialista, as taxas de gravidez são muito relacionadas à idade do óvulo. Então, quanto mais nova for a paciente, melhor. A faixa etária que mais comparece no consultório é de 38 a 40 anos.

Quanto tempo um óvulo pode ficar à espera? E a chance de se ter gêmeos? Hoje, o Conselho Federal de Medicina (CFM) recomenda que se faça um tratamento de reprodução assistida até os 50 anos.

 

Fonte: Rádios EBC

Fertilizare

A Fertilizare nasceu com a proposta de ser um centro de referência em medicina reprodutiva na região Sul Fluminense. Conta com equipe qualificada e tecnologia de última geração para oferecer um leque completo de opções para o tratamento da infertilidade.

Sem comentários

Deixe seu comentário

×
× Fale conosco pelo Whatsapp